Como expandir operações logísticas com eficiência [Guia completo]

Um projeto de expansão deve ser implementado de maneira holística, considerando uma série de fatores externos e internos.
como-expandir-operacoes-logisticas

Nesse guia completo e totalmente aplicável, explicamos tudo que você precisa saber para expandir operações logísticas de maneira sustentável e segura. 

Crescer é uma busca constante pela maximização do potencial da empresa. Nesse sentido, é fundamental implementar uma abordagem de crescimento sustentável, isto é, que seja capaz de reduzir custos operacionais, minimizar impactos ambientais e melhorar a eficiência dos processos.

Diante dos desafios e alavancas de crescimento da logística e do supply chain, é crucial que os gestores e empresários adotem uma abordagem proativa e holística acerca do crescimento empresarial e das estratégias discutidas ao longo deste artigo. Confira!

➡️ Conheça a Imersão Executiva da ImLog e descubra as práticas, tendências e tecnologias da NOVA logística ⬅️

O que significa expandir operações logísticas?

Em linhas gerais, expandir operações logísticas significa expandir a empresa, uma vez que inclui ampliar as atividades e alcance em diferentes  aspectos, como a abertura de novos centros de distribuição, a expansão para novas regiões geográficas, o aumento da capacidade de armazenagem, a diversificação dos serviços oferecidos, a aquisição de novos equipamentos e tecnologias, entre outros. 

Por isso, o crescimento de uma empresa que vende bens físicos está intrinsecamente ligado à expansão de suas operações logísticas. Essa decisão reforça um compromisso constante de buscar aumentar a eficiência operacional, a competitividade e melhorar a satisfação dos clientes. 

Em suma, expandir operações logísticas visa aumentar a eficiência, a capacidade e a cobertura dos serviços logísticos oferecidos, permitindo atender a uma ampla base de clientes, além de explorar novas oportunidades de mercado.

O que são operações logísticas?

Operações logísticas são atividades que envolvem o planejamento, execução e controle do fluxo de produtos e informações ao longo da cadeia de suprimentos, desde a aquisição de matérias-primas até a entrega do produto final ao cliente. 

Principais operações logísticas

As principais operações logísticas podem variar dependendo do tipo de indústria, empresa e demandas específicas do mercado. No entanto, algumas operações logísticas comuns incluem:

Transporte

A operação de transporte é uma das conhecidas do público e cuida da movimentação física de mercadorias entre diferentes pontos, que pode incluir transporte rodoviário, ferroviário, marítimo, aéreo ou multimodal.

Armazenagem e estocagem

Como o nome sugere, a logística de armazenagem e estocagem cuida dos estoques nas instalações da empresa, como armazéns, depósitos e centros de distribuição, garantindo a disponibilidade e integridade dos itens.

Gestão de estoques

A área de gestão de estoques é uma das mais importantes de qualquer empresa que vende itens físicos, pois controla os níveis de estoque para atender à demanda do mercado, minimizando os custos de armazenagem e o risco de obsolescência.

Processamento de pedidos 

A operação que cuida do processamento de pedidos é responsável pelo recebimento, processamento e preparação de pedidos para envio aos clientes, também conhecida como picking e packing. garantindo que caga pacote chegue dentro do prazo estabelecido e sem avarias.

Leia também: A importância do prazo de entrega na gestão logística

Gestão de transporte e roteirização

A gestão do transporte e rotas inteligentes envolve o planejamento e a organização de toda a operação de transporte, incluindo escolha de modais e transportadoras e do monitoramento em tempo real.

Logística reversa

A logística reversa vem crescendo nos últimos anos, principalmente com os esforços cada vez maiores das corporações em ESG. A ascensão da logística verde cuida do gerenciamento do fluxo de produtos que sofrem devolução, além da reciclagem de materiais e descarte de resíduos, minimizando os impactos ambientais das empresas.

Leia também: Logística reversa – projeto da Havaianas atinge 200 pontos de coleta no país

Gestão da cadeia de suprimentos

A gestão de supply chain envolve a coordenação e integração de todas as atividades logísticas de uma companhia, desde a aquisição de matérias-primas até a entrega do produto para o cliente final.

Principais estratégias de crescimento

Crescer pode ser assustador mais com o conhecimento necessário, é possível criar um planejamento consistente, repleto de ótimas estratégias para expandir operações logísticas. Confira algumas: 

Ampliação do mix de produtos

Aumentar o mix de produtos nada mais é do que diversificar a oferta, introduzindo novos itens ou melhorando o portfólio existente. É ideal para quem deseja  ampliar o alcance no mercado, estar atento às mudanças de consumo ou diminuir as lacunas da oferta de produtos atual. 

Expansão geográfica

A expansão geográfica, como o nome sugere, visa expandir fisicamente as operações da empresa para novas regiões ou mercados. Este movimento busca não apenas aumentar o alcance territorial, mas também aproveitar oportunidades inexploradas. É ideal para identificar mercados emergentes ou regiões com demanda não atendida, além de driblar a saturação do mercado atual.

Fusões e aquisições

A estratégia de fusões e aquisições (M&A) é uma das mais conhecidas e difundidas no mundo dos negócios, e envolve a união de duas empresas por meio da fusão ou pela aquisição de uma pela outra. É ideal para expandir rapidamente, adquirindo novas capacidades ou alcance geográfico. Além disso, a consolidação pode criar sinergias estratégicas, reduzindo a competição, gerando mais inovação através do compartilhamento de recursos.

Leia também: Qual é a perspectiva para M&As em logística?

Penetração de mercado

Essa estratégia foca em aumentar a participação da empresa no mercado atual, sem mudar a oferta. Em vez de diversificar, o objetivo é conquistar uma fatia maior de compradores, atraindo novos clientes ou aumentando o LTV dos consumidores atuais. É ideal para quem pode oferecer preços mais competitivos e deseja identificar novos segmentos, otimizando as operações logísticas e maximizando o valor dos produtos existentes.

Diversificação

A diversificação envolve expandir para novos setores ou indústrias, muitas vezes diferentes daqueles em que já atua. Essa estratégia busca mitigar riscos, explorar novas oportunidades de receita e posicionar a empresa em diferentes segmentos de mercado. É ideal para reduzir riscos, equilibrar a carteira de negócios e buscar novas fontes de receita.

Como escolher a estratégia de expansão ideal?

Para escolher a estratégia de expansão ideal para um negócio, é preciso considerar diversos fatores.

Primeiro, avalie as condições do mercado, analisando tendências, concorrência e possíveis alavancas de crescimento. Não deixe de considerar fatores externos, como a situação política e econômica.

Depois, avalie a situação interna da empresa, como nível de competência e maturidade, recursos financeiros e capital humano disponíveis, além de eventuais gargalos operacionais que possam impactar a expansão negativamente.

Após analisar aspectos internos e externos, estabeleça metas e objetivos claros para a expansão, alinhados com a visão e missão da empresa. Determine indicadores-chave de desempenho (KPIs) para medir o sucesso.

Escolha a estratégia que melhor se enquadra nos objetivos empresariais e no estágio de maturidade da operação, avaliando os riscos e recompensas associadas, incluindo aspectos financeiros como rentabilidade da transportadora, lucratividade e margem de lucro no transporte. Saber como calcular a rentabilidade de um investimento de acordo com a realidade da companhia é essencial para tangibilizar um negócio escalável. 

Colaboração é essencial para obter sucesso. Após ter um planejamento em mãos, consulte partes interessadas, stakeholders, fornecedores e outros parceiros estratégicos, buscando por feedbacks construtivos.

Por fim, mas não menos importante, não escreva estratégias em pedra, é essencial ter flexibilidade e adaptabilidade. As condições do mercado não são estáticas e é preciso estar preparado para reajustes.

Principais desafios de crescimento no setor de transportes

O setor de transportes é protagonista na economia brasileira, responsável por movimentar mercadoria, oferecendo suporte às atividades comerciais e industriais do país. Apesar do destaque, o setor não está isento de desafios.  A seguir, separamos alguns dos principais obstáculos voltados ao crescimento das empresas de transporte: 

Margens de lucro reduzidas

A concorrência acirrada, aumento dos custos operacionais e volatilidade nos preços dos combustíveis, reduzem cada vez mais as margens de lucro, tornando a busca por eficiência operacional constante e desafiadora.

Infraestrutura e logística 

O Brasil é um país com tamanho continental, no entanto, a infraestrutura precária do maior modal do país, o rodoviário, acarreta em atrasos e falta de capacidade de armazenamento, afetando diretamente a performance operacional e qualidade do nível de serviço capaz de ser entregue ao cliente final. 

Tecnologia e inovação

A evolução tecnológica e a transformação digital estão mudando o setor de transporte, oferecendo novas oportunidades e desafios para as transportadoras. A logística 4.0 exige a implementação de soluções tecnológicas como sistemas de rastreamento, videotelemetria para gestão de frota, inteligência artificial e hiperautomação, mas muitas empresas ainda não sabem como dar o primeiro passo para entrar na nova logística.

Principais estratégias de crescimento de empresas: exemplos

Separamos alguns exemplos reais de estratégias de crescimento para transportadoras, aplicadas por grandes empresas do mercado e que podem ser adaptadas para diferentes modelos de negócios e tamanhos de empresa. Confira: 

Braspress

A Braspress, uma das maiores transportadoras de encomendas do Brasil, optou pela penetração de mercado para aumentar sua participação no setor, investindo em melhorias operacionais e ampliação da rede de frotas para atrair e reter clientes.

Transpanorama Transportes

A Transpanorama Transportes aumentou a capilaridade e cresceu a base de clientes oferecendo diversidade de serviços. A empresa começou atendendo em São Paulo e madeiras, no Mato Grosso do Sul, mas logo depois inaugurou a sede em Maringá (PR) e se especializou no transporte de grãos, investindo na abertura de filiais para atender às demandas de clientes em outras regiões do Brasil. 

JSL

Considerada uma das maiores empresas de logística e transporte rodoviário do Brasil, a JSL, tem utilizado estratégias de fusões e aquisições para expandir suas operações e diversificar sua oferta de serviços. Entre as principais compras estão a Fadel, focada na distribuição urbana, a TPC, de movimentação interna e gestão de armazéns, a Marvel, de transporte de produtos resfriados e a Truckpad, uma startup de gestão de frotas.

Leia também: JSL investe mais de R$300 milhões em expansão estratégica e setor florestal

O que é preciso para expandir um negócio?

Um projeto de expansão deve ser implementado de maneira holística, considerando uma série de fatores externos e internos.

Análise de mercado

Antes de optar pela expansão, é essencial compreender o mercado e público que deseja atingir. Nesse caso, fazer uma análise completa ajudará a enxergar oportunidades, além de reconhecer demandas específicas que tornarão o negócio mais competitivo.

Capital financeiro

Muitas vezes, a expansão requer investimentos em áreas essenciais para o crescimento, incluindo marketing, infraestrutura, pessoal e tecnologia. Estar financeiramente preparado para o crescimento é fundamental para evitar frustrações. 

Tecnologia e sistemas integrados

Garantir a eficiência operacional à medida que a empresa cresce é essencial. Isso envolve a implementação de sistemas adequados para lidar com a expansão, que vão desde soluções de gestão de negócios até plataformas específicas para o setor, como e-commerce. Nesse contexto, compreender os princípios da logística integrada e seus benefícios pode ser crucial para desenvolver estratégias otimizadas, que melhorem tanto os processos logísticos quanto os processos internos.

Leia também: Gestão – exemplos de processos logísticos 

Equipe qualificada

Investir em programas de gestão de pessoas, desenvolvimento de PDI e treinamentos garante que todos os colaboradores estejam alinhados com os objetivos de expansão. Essa abordagem não apenas aumenta a capacidade de lidar com as dores e desafios do crescimento,  mas também contribui para uma cultura organizacional sólida.

Leia também: 24 dicas para contratar talentos e otimizar o processo seletivo

Estratégias de marketing e vendas

Um novo mercado e público precisam de novas estratégias de marketing e pitch de vendas. Nesse cenário, é fundamental entender o que é como aplicar uma estratégia de S&OP, equilibrando a oferta e a demanda de forma eficaz.

Gestão de riscos

O crescimento está repleto de desafios novos, por isso, mitigar os riscos é muito importante. Para não ter surpresas, identifique e analise fatores externos e internos que possam impactar a operação a curto, médio e longo prazo, criando diferentes planos para lidar com múltiplos cenários.

Logística eficiente

Entender como integrar a gestão de transporte a cadeia de suprimentos, além de implementar uma estratégia de logística omnichannel, focada em melhorar a experiência do cliente, é fundamental para garantir que a demanda crescente seja atendida sem perder o nível de serviço.

Adaptação à cultura local 

Em caso de expansão para outros países, garantir que a logística internacional esteja alinhada, com fornecedores e fluxos de qualidade,  é imprescindível se adaptar à cultura local. Essa adaptação não se limita apenas ao produto ou serviço, mas também à comunicação e práticas de negócios comuns na região.

➡️ Conheça a Imersão Executiva da ImLog e descubra as práticas, tendências e tecnologias da NOVA logística ⬅️

Existe diferença entre crescer e expandir operações logísticas?

Em alguns contextos, os termos “crescer” e ”expandir” podem ser usados como sinônimos, mas em outros, não. Para gestores e empresários, compreender essa diferença é fundamental para direcionar estratégias eficazes.

Crescimento empresarial

O crescimento empresarial engloba o aumento geral nas dimensões de uma empresa, seja em receita, lucro, tamanho da equipe ou presença de mercado. Esse crescimento pode ser natural, resultado do aumento orgânico das operações ou impulsionado por estratégias planejadas.

Expansão empresarial

A expansão empresarial é um processo específico de ampliação e pode envolver a entrada em novos mercados, lançamento de novos produtos ou a adoção de estratégias que levem a uma maior presença no setor. Ou seja, a expansão é uma parte integral do crescimento, mas não representa seu escopo total.

Para ilustrar, o crescimento de uma empresa de logística pode incluir o aumento na receita e na equipe, enquanto a expansão pode se materializar através da abertura de centros de distribuição em novas regiões.

Em outras palavras, crescer pode envolver aprimoramentos internos, como melhorias nos processos e na gestão, enquanto expandir implica em olhar para além, explorando novas oportunidades. Essa distinção é essencial para desenvolver uma visão estratégica.

Qual o momento de expandir a operação da sua empresa?

Implementar uma estratégia de expansão é um processo complexo que envolve uma série de decisões estratégicas, que por sua vez, devem ser tomadas baseadas em dados, não apenas em desejos pessoais da gestão. Por isso, separamos alguns sinais que podem indicar que é o momento de dar o próximo passo e expandir. Confira:

Desempenho

É muito importante que a operação existente esteja otimizada e funcionando perfeitamente antes de optar pelo crescimento. Por isso, antes de tudo, garanta que o produto/serviço atual está performando bem e está validado. Essa é uma análise fundamental, pois os processos atuais devem ser replicados em outras soluções com o mesmo padrão de qualidade.

Novas oportunidades

Só faz sentido expandir se existe uma demanda substancial não atendida em outro mercado, segmento ou nicho. Lembre-se que o crescimento é uma resposta estratégica a uma oportunidade tangível, que irá gerar lucro e competitividade. Sendo assim, certifique-se que essas oportunidades realmente existem através de pesquisas e benchmarking, identificando uma base de clientes com necessidades crescentes.

Limitações estruturais e de talentos

Se um armazém logístico chegou à sua capacidade máxima, mesmo com estratégias de armazenagem inteligente e armazenagem sustentável, o ideal é expandir suas instalações para atender ao aumento da demanda. 

A falta de capacidade operacional e poucos colaboradores para muitas demandas, pode ser um forte indicativo que é hora de crescer. Analise a estrutura física do negócio, sem deixar de lado o capital humano e identificar se está conseguindo atender a demanda. Caso a resposta seja não, a expansão pode ser o caminho para manter o nível de serviço atual.

Leia também: estruturas de armazenagem – principais tipos e como escolher

Cuidados antes de expandir a empresa: não cometa esses erros!

A seguir, separamos os principais erros na hora de expandir operações logísticas que podem impedir o crescimento de uma empresa:

Falta de processos, transparência e visibilidade

Ao negligenciar a definição clara de processos internos, transparência nas operações e visibilidade ao longo da cadeia logística, as empresas correm o risco de enfrentar problemas de eficiência, comunicação e rastreamento. 

Entender como criar processos que funcionam é uma parte essencial da gestão. A ausência desses fundamentos pode resultar em falhas operacionais e prejuízos financeiros que além de impactar negativamente na expansão, podem levar a empresa a fechar as portas.

Falta de KPIs

Deixar de definir indicadores de desempenho torna a estratégia mais propensa a dar errado, já que é mais dificil avaliar o que está funcionando e identificar o que precisa ser reajustado ao longo do caminho. 

Sendo assim, definir KPIs de logística para melhorar sua operação, e também de acordo com metas de negócio, é vital para o sucesso da expansão.

Negligenciar a gestão de pessoas

Um dos maiores erros na gestão de pessoas é olhar para o maior ativo da empresa de maneira superficial. Uma gestão de pessoas eficiente investe em treinamento e capacitação, define um ótimo pacote de benefícios e estabelece projetos de retenção de talentos para diminuir o turnover e reduzir custos. Nesse caso, também é fundamental escolher um entre os modelos de gestão de pessoas, de acordo com os valores e propósito do negócio. 

➡️ Conheça o ImLog Play, um programa de aprendizagem para os profissionais da NOVA logística. ⬅️

Gestão de estoque ineficiente

Estabelecer boas práticas de gestão de estoque, utilizando tecnologia ou outras estratégias para otimizá-la é fundamental para uma expansão de sucesso. Falta ou excesso de estoque, pouco controle de inventário e falhas na previsão da demanda são desafios comuns, podendo acarretar em custos desnecessários e perda de vendas. 

Deixar de evoluir 

Ignorar as mudanças do mercado é prejudicial para qualquer estratégia, principalmente para aquelas que visam a expansão. A falta de adaptabilidade e digitalização pode resultar em perda de competitividade e incapacidade de atender às expectativas do consumidor, criando soluções irrelevantes.

Perder o timing 

Identificar o momento certo para expandir é vital para o sucesso. Perder o timing da expansão pode resultar em mercados saturados e com alta concorrência, ou até mesmo o oposto disso, chegar tarde demais e perder oportunidades vantajosas.

O que observar antes da expansão

O processo de expansão evolui de acordo com o estágio de desenvolvimento de cada empresa. Compreender cada fase é essencial para que gestores e empresários tomem decisões pertinentes a cada momento. Por isso, observar o estágio de maturidade do negócio, compreendendo profundamente suas necessidades, é uma das 7 coisas para fazer antes de expandir. 

Startup

No estágio inicial de uma startup, o importante é validar o modelo de negócios, conseguir os primeiros clientes e conquistá-los. Nesse cenário, a expansão acontece por meio de uma busca voraz por oportunidades de mercado, o que inclui estratégias de penetração e busca por parcerias estratégicas.

Emergente

O foco de um negócio emergente é consolidar o negócio que já foi validado. Para isso, seu objetivo passa a ser a ampliação da oferta de produtos, mapeamento de processos e otimização, e também a expansão geográfica. 

Em evolução

Empresas em evolução buscam expandir suas operações para se tornarem líderes de mercado. A diversificação de produtos e serviços, a expansão nacional e a introdução de inovações são estratégias comuns nessa fase. A atenção à eficiência operacional se torna crucial para enfrentar desafios logísticos mais complexos.

Maduro

Nesse estágio, a expansão é focada na consolidação e na busca contínua por vantagens competitivas. Empresas maduras podem explorar a logística internacional e fusões e aquisições, por exemplo, visando manter a relevância no mercado global. 

Entender esses estágios permite que os gestores alinhem suas estratégias de expansão para operações logísticas com as necessidades de cada fase, maximizando o potencial de crescimento e sucesso logístico ao longo do desenvolvimento da empresa.

Motivos para expandir as operações

Com a competitividade cada vez mais acirrada, expandir é uma maneira de permanecer relevante em um mercado em constante evolução. Além de criar soluções que sirvam a outros públicos, mercados ou regiões, a expansão das operações logísticas otimiza custos, tende a melhorar o lucro e evitar a obsolescência. 

Além dos benefícios financeiros e competitivos, a expansão permite que uma empresa continue inovando, identificando novos talentos, criando equipes de alto desempenho e explorando as tendências logísticas com assertividade, tornando-se memorável tanto para os consumidores quanto para o mercado. 

➡️ Descubra quais são as tendências que estão revolucionando o setor de logística. Acesse o e-book “Desbravando 6 tendências logísticas para 2024 ⬅️

Como analisar nichos de mercado para expandir com segurança?

Outro ponto importante para crescer com segurança é analisar cuidadosamente os nichos de mercado disponíveis, buscando pelos mais promissores. Nessa fase, responder a algumas perguntas pode ajudar a ter clareza sobre o potencial daquele público, fazendo com que a decisão seja mais informada. 

Como em qualquer pesquisa de mercado, fazer as perguntas certas é essencial. Entender o objetivo de atender determinado público, qual o grau de habilidade para entregar a solução necessária e principalmente, qual o seu diferencial dentre outras opções são alguns questionamentos-chave que devem ser prontamente respondidos. 

Compreender as lacunas dos produtos e serviços oferecidos e se atentar ao comportamento de consumo pode ajudar a gerar insights valiosos. 

A importância do planejamento

Um bom planejamento estratégico é essencial para qualquer plano de expansão. Além de ajudar a desenvolver uma visão clara e definir metas específicas, permite que a empresa analise profundamente o ambiente de negócios, identificando oportunidades e ameaças. Também é no planejamento, que estabelecemos estratégias e planos para alcançar os objetivos definidos.

➡️ Conheça a Imersão Executiva da ImLog e descubra as práticas, tendências e tecnologias da NOVA logística ⬅️

  • Amanda Moura

    Amanda Moura é formada em Ciências Sociais e do Consumo pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) e se dedica a estudar comportamento, consumo e tendências.

Newsletter ImLog

Cadastre-se e conheça a logística sob um novo olhar

Mais lidos

Assine a Newsletter da Imlog

Esteja sempre antenado sobre as últimas notícias do universo logístico!