Gestão: 8 KPIs de logística para melhorar sua operação

Os Key Performance Indicators (KPIs) oferecem insights para tomadas de decisão mais assertivas e orientadas a dados, abrangendo geralmente uma variedade de áreas.
8 KPIs para impulsionar sua operação

No dia a dia de uma operação logística, cada decisão importa, por isso, os indicadores de desempenho são a chave para o sucesso operacional. Muito mais que números, eles podem ser utilizados como ferramentas para reduzir custos e impulsionar a eficiência, objetivos que estão no radar de qualquer empresa.

Portanto, se você é um coordenador, gestor ou empresário buscando por maior produtividade, este é o artigo ideal para aprender a utilizar métricas como um guia rumo à excelência. 

Além de entender os KPIs logísticos mais importantes para a sua operação, você aprenderá como utilizá-los na prática, transformando dados em ação. Confira!

O que são KPIs?

Os indicadores de desempenho, chamados também de Key performance Indicators (KPIs), são métricas que ajudam a gestão a ter uma visão mais completa sobre o atingimento de objetivos e metas pré-estabelecidas.

Essas métricas oferecem insights para tomadas de decisão mais assertivas e orientadas a dados, e geralmente abrangem uma variedade de áreas.

No caso da logística, os indicadores de desempenho são uma ótima maneira de acompanhar a eficiência dos processos, ajudando a liderança a ter uma olhar realista do que está acontecendo de ponta a ponta.

O diferencial desses indicadores está na sua simplicidade. São ferramentas que traduzem complexidades operacionais em informações prontas para ação capazes de impulsionar a performance, ou seja, indicadores são números que avaliam e traduzem o estado da operação.

A importância dos indicadores de desempenho

Em um mercado cada vez mais competitivo, os indicadores de desempenho surgem como verdadeiros pilares da eficiência operacional, permitindo que gestores tomem decisões informadas de maneira ágil.

No mundo dinâmico da logística, a capacidade de tomar decisões estratégicas é crucial. 

Indicadores como OTIF (On-Time e In-Full) e o Perfect Order Rate são essenciais para avaliar a eficácia das estratégias logísticas. São essas métricas que capacitam gestores a ajustar abordagens, identificar gargalos e manter operações afiadas.

Além de organizar aspectos internos, os indicadores de desempenho também funcionam para entender a satisfação do cliente, elemento essencial para qualquer negócio bem-sucedido atualmente.

Cumprir prazos, manter um inventário preciso e entregar pedidos completos e pontuais são elementos-chave para construir confiança e lealdade do cliente, pilares de uma abordagem customer centric.

Além de impulsionar a eficiência operacional e melhorar a satisfação do cliente, KPIs contribuem para a redução de custos. 

Ao monitorar indicadores como custos de transporte e armazenagem, os gestores podem identificar áreas de desperdício, sem contar a capacidade de  otimizar rotas e processos, construindo operações mais enxutas e financeiramente eficientes.

Os principais KPIs de logística

Como vimos, os indicadores de desempenho guiam a performance de uma empresa ao longo do tempo, e são essenciais para a estratégia. A seguir, listamos os principais indicadores de logística para ficar de olho na sua operação e como eles podem ser mensurados.

Prazos de entrega

Se há algo que define a experiência do cliente na logística, são os prazos de entrega. Esse indicador reflete a sua promessa ao cliente, afinal, se os prazos não são cumpridos, a satisfação diminui e dificilmente o consumidor voltará a comprar, por isso é uma métrica fundamental.

Medição: calculado como a diferença entre a data prometida de entrega ao cliente e a data real de entrega. A percentagem de pedidos entregues dentro do prazo é então determinada.

On-Time e In-Full (OTIF)

Ainda relacionado a experiência de compra do cliente, o OTIF não apenas garante que os produtos cheguem no prazo, mas também assegura que cheguem na quantidade certa. 

Medição: Divide-se o número de pedidos entregues no prazo e na quantidade correta pelo total de pedidos. A porcentagem resultante indica a taxa OTIF.

Custos de transporte e armazenagem

Este indicador não apenas revela quanto você gasta, mas onde você gasta. Controlar os custos de transporte e armazenagem exige atenção redobrada e é fundamental para equilibrar as finanças.

Medição – armazenagem: divida o valor total de despesas pela quantia de produtos que foram estocados durante o ano.

Medição – transporte: o custo de transporte de cargas está baseado basicamente em: frete-peso, frete-valor e taxas complementares. Pode ser calculado através de ferramentas de gestão ou utilizando como base a Tabela de Frete oficial da ANTT.

Perfect Order Rate

O Perfect Order Rate é a métrica que define a busca pela excelência na hora da entrega: itens certos, na quantidade certa, no prazo certo, quase a definição de um pedido perfeito. Essa é uma métrica fundamental para melhorar o nível de serviço.

Medição: Calcula-se a porcentagem de pedidos que foram entregues sem erros, considerando fatores como quantidade certa, prazo de entrega correto, condição do produto e fatura precisa.

Lead Time

O Lead Time é o relógio da logística. Este indicador mede o tempo desde a entrada do pedido até a entrega. É uma métrica vital para antecipar demandas, reduzir a espera e manter suas operações no ritmo ideal.

Medição: Pode variar, conforme o nicho e objetivo da empresa, mas em geral calcula-se o tempo de recebimento de matéria-prima + tempo de produção e entrega de produtos.

Order Cycle Time (OCT)

O Order Cycle Time é o indicador que conta a história do ciclo de vida de um pedido. Desde o momento em que a ideia é gerada até a entrega final, esse indicador revela a eficiência dos seus processos. 

Medição: subtraia da data de entrega a data de realização do pedido e dividir pela quantidade total de pedidos enviados

On-Time Delivery (OTD)

Este indicador mede se suas entregas estão acontecendo no tempo planejado. Uma métrica essencial para garantir que sua operação esteja sempre no compasso certo.

Medição: total de entregas feitas no prazo / total de entregas feitas em determinado período x 100

Acuracidade do Inventário

Este indicador revela se seus registros estão alinhados com a realidade física. É a garantia de que você sabe exatamente o que tem em estoque, evitando surpresas desagradáveis.

Medição: Compara-se os registros do inventário com contagens físicas reais. A diferença percentual entre esses dois conjuntos de dados fornece a acuracidade do inventário.

5 passos para utilizar indicadores de desempenho no seu negócio

Agora que entendemos como é importante acompanhar o desempenho através dos indicadores, é hora de entender na prática como eles podem ser aplicados no dia a dia da operação. 

1. Defina objetivos claros

Antes de começar a procurar por números, é crucial compreender o que o negócio pretende alcançar com os indicadores de desempenho. É reduzir os prazos de entrega? Cortar custos de transporte? Definir metas claras orienta todo o processo.

2. Escolha indicadores alinhados aos objetivos

Cada empresa é única, e seus objetivos determinarão quais indicadores são mais relevantes. Se sua meta é oferecer entregas ultra-rápidas, focar em OTIF e OTD pode ser crucial. Para uma ênfase em eficiência financeira, os custos de transporte e armazenagem são os que você deve perseguir.

3. Implemente sistemas de monitoramento eficientes

Estabelecer indicadores é apenas uma parte do trabalho, é preciso um sistema eficaz para monitorá-los. Plataformas de gestão logística integradas ajudam a fazer esse acompanhamento contínuo, e ajudam a ter uma visão instantânea de métricas cruciais.

4. Analise os dados regularmente

Coletar dados é essencial, mas a verdadeira magia acontece na análise e interpretação. Regularmente, avalie junto a equipe o que os números estão realmente dizendo. Identifique padrões, áreas de melhoria e oportunidades não exploradas. Os famosos insights acontecem quando dados são transformados em conhecimento útil. 

5. Ajuste estratégias com base em resultados

Os indicadores de desempenho ajudam a encontrar eventuais lacunas nos processos, e oferecem as diretrizes necessárias para reajustes. Nesse sentido, é importante entender que as metas e objetivos não são estáticos, se modulam de acordo com a realidade de cada negócio. 

Como a Amazon utiliza KPIs para ajudá-la a focar na satisfação do cliente

A Amazon, gigante que se transformou em uma referência em logística, construiu sua operação em torno de indicadores que garantem a satisfação do cliente. Seu compromisso com a entrega rápida é evidente em métricas como OTIF. 

Além disso, ao investir em tecnologia avançada e redes logísticas eficientes, a Amazon mantém seus indicadores de desempenho alinhados à sua missão de encantar os clientes.

É importante reforçar que a chave para uma boa performance está em alinhar os indicadores aos objetivos estratégicos da companhia, ajustando constantemente suas operações com base nos insights obtidos. Assim, servem como um guia rumo ao cumprimento dessas metas. 

KPIs impulsionam a performance

Como vimos, os indicadores de desempenho transformam dados em planos de ação tangíveis, por isso, são tão essenciais para qualquer empresa.

Seja pela eficiência operacional, pela satisfação do cliente ou pela inovação constante, eles são capazes de oferecer caminhos para alcançar os resultados esperados, garantindo que o sucesso não apenas chegue, mas seja de longo prazo. 

Lembre-se, não é preciso utilizar todos os indicadores de uma vez. Elaborar um diagnóstico do negócio, além de um planejamento estratégico mais robusto, são etapas essenciais para definir quais indicadores são prioridade e quais podem ser adotados progressivamente. 

Assim como a logística, a implementação de KPIs é uma constante jornada de ajustes e melhorias.

Quer descobrir como implementar as melhores práticas e inovações tecnológicas na sua operação? Conheça a Imersão Executiva da Imlog, a formação ideal para  líderes que desejam elevar sua operação para o próximo nível.

  • Amanda Moura

    Amanda Moura é formada em Ciências Sociais e do Consumo pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) e se dedica a estudar comportamento, consumo e tendências.

Newsletter ImLog

Cadastre-se e conheça a logística sob um novo olhar

Mais lidos

Assine a Newsletter da Imlog

Esteja sempre antenado sobre as últimas notícias do universo logístico!