5 estratégias de crescimento que funcionam para transportadoras

Descubra como implementar estratégias de crescimento competitivas e sustentáveis, que levarão sua transportadora para o próximo nível.
5-estrategias-de-crescimento-para-transportadoras

Uma estratégia de crescimento é um plano que ajuda as operações a aumentarem a receita de forma sustentável. Para as transportadoras, investir em uma estratégia de crescimento é fundamental para enfrentar a concorrência acirrada, aproveitando as alavancas de crescimento.

Nesse artigo, vamos abordar cinco estratégias que sua empresa de transporte pode implementar para crescer, além de exemplos práticos acerca de cada opção. São elas:

  • Ampliação do mix de produtos 
  • Expansão geográfica
  • Parcerias estratégicas 
  • Fusões e aquisições (M&A)
  • Penetração de mercado

O mercado de transporte está cada vez mais competitivo, com margens de lucro apertadas, volatilidade nos preços dos combustíveis, infraestrutura precária e crescente demanda por serviços rápidos e eficientes.

Nesse cenário, crescer pode se tornar ainda mais difícil, mas não impossível com a abordagem ideal para as suas necessidades operacionais.

5 estratégias de crescimento para transportadoras

O crescimento sustentável é um objetivo fundamental para qualquer transportadora que deseja manter o sucesso por mais tempo. Essa abordagem implica em decisões estratégicas para a companhia, visando não apenas o curto prazo, mas o longo prazo. 

Ou seja, ao invés de olhar para resultados e metas imediatistas, as lideranças optam por um caminho de equilíbrio, cumprindo metas rápidas sem esquecer daquelas que vão gerar vantagem competitiva no futuro.  

Portanto, para escalar seus negócios de maneira eficaz, é crucial adotar estratégias bem planejadas e alinhadas às necessidades do mercado, desenvolvendo uma estratégia de curto, médio e longo prazo.

Neste contexto, apresentamos cinco estratégias de crescimento essenciais que podem impulsionar o sucesso do seu negócio sem sacrificar a agilidade necessária: 

#1 – Ampliação do mix de produtos

Ampliar o  mix de produtos significa criar novos produtos e serviços ou expandir a oferta que já existe. Essa estratégia ajuda a empresa a atender novas demandas e até mesmo clientes, aumentando a fidelização ou conquistando novos públicos. No setor de transporte, pode incluir a oferta de serviços adicionais, como transporte de cargas refrigeradas, armazenagem e logística reversa. O importante é oferecer soluções mais abrangentes.

#2 – Expansão geográfica

A expansão geográfica pode envolver a abertura de filiais em novas localidades, aumentando o alcance do negócio onde existe uma demanda reprimida pelos produtos ou serviços. Além disso, também pode envolver parcerias com empresas locais, o que facilita a entrada em novos mercados.

#3 – Parcerias estratégicas

Firmar parcerias é uma abordagem colaborativa que promete ser o futuro da logística. Além de ajudar a fortalecer a posição competitiva da empresa, pode envolver benefícios como compartilhamento de recursos e otimização de processos. Parcerias estratégicas são ideias para operadores logísticos que buscam complementar suas competências e alinhar objetivos comuns, impulsionando a inovação e o crescimento sustentável.

#4 – Fusões e aquisições (M&A)

A estratégia de fusões e aquisições (M&A) tende a acelerar o crescimento de qualquer empresa. Por meio de fusão ou aquisição, é possível expandir rapidamente, adquirindo novas capacidades ou alcance geográfico. Embora tenha vantagens, é essencial realizar uma due diligence para que a transição seja suave e que os objetivos estratégicos sejam alcançados.

#5 – Penetração de mercado

Essa estratégia é ideal para aumentar a participação de mercado sem precisar expandir as ofertas. Diferente da diversificação, a penetração de mercado busca alcançar uma fatia maior de consumidores sem precisar entrar em novos segmentos. A ideia é atrair novos ou aumentar o LTV. Em geral, isso é alcançado através de campanhas de marketing direcionadas, preços mais competitivos, melhorias nos serviços de atendimento, como o SAC 4.0, por exemplo, e impulsionando a experiência do cliente.

Ao implementar qualquer uma dessas estratégias de crescimento, as transportadoras podem não apenas escalar seus negócios de maneira sustentável, mas também fortalecer sua posição competitiva e garantir um futuro próspero no setor de transporte.

Principais estratégias de empresas: exemplos 

Nesta seção, vamos explorar exemplos reais de transportadoras que aplicaram com sucesso as estratégias de crescimento discutidas no artigo, que podem ser adaptadas para diferentes modelos de negócios. Confira: 

Transportadora Jamef

Adaptar o negócio às necessidades do mercado pode ser uma estratégia eficaz para impulsionar o crescimento no setor de transportes e fortalecer a gestão de supply chain.

A Transportadora Jamef é referência quando o assunto é transporte de cargas secas, mas ao expandir seu mix de produtos, passando a oferecer transporte refrigerado e transporte aéreo, começou a atingir uma ampla gama de clientes, além de aumentar a receita.

Transpanorama Transportes

A Transpanorama Transportes começou atendendo em São Paulo e madeiras, no Mato Grosso do Sul, mas logo depois inaugurou a sede em Maringá (PR) e se especializou no transporte de grãos, investindo na abertura de filiais para atender às demandas de clientes em outras regiões do Brasil.

Com esse movimento, além de aumentar sua capilaridade e oferecer serviços em diferentes regiões do país, viu um crescimento significativo da base de clientes e na consolidação da marca em novos mercados.

Loggi

A Loggi, uma das principais startups de logística e entregas do Brasil, colaborou com diversos parceiros, incluindo e-commerces, varejistas e restaurantes, para oferecer soluções de logística integrada e entregas rápidas.

A colaboração ajudou o negócio a ampliar sua base de clientes, diversificar sua oferta de serviços e ganhar escala rapidamente. Isso contribuiu para o crescimento exponencial da empresa e sua consolidação como líder no segmento de logística e entregas no Brasil.

JSL

A JSL, uma das maiores empresas de logística e transporte rodoviário do Brasil, tem utilizado estratégias de fusões e aquisições para expandir suas operações e diversificar sua oferta de serviços. Ao longo dos anos, a empresa realizou diversas aquisições estratégicas que permitiram ampliar sua atuação em diferentes segmentos e regiões do país.

Entre as principais compras, está a Fadel, focada na distribuição urbana, a TPC, de movimentação interna e gestão de armazéns, a Marvel, de transporte de produtos resfriados; a Rodomeu, de transporte de produtos químicos, gasosos e perigosos e a Truckpad, uma startup de gestão de frotas.

Braspress

A Braspress, é uma das maiores transportadoras de encomendas do Brasil e focou na estratégia de penetração de mercado para aumentar sua participação no setor. A empresa investiu em melhorias operacionais e ampliação da rede de frotas para atrair mais clientes e aumentar o LTV.

Principais desafios de crescimento no setor de transportes 

O setor de transporte desempenha um papel fundamental na economia global, sendo responsável pela movimentação de mercadorias, além de oferecer suporte às atividades comerciais, industriais e logísticas. No entanto, o setor não está isento de desafios. A seguir, separamos os principais obstáculos voltados ao crescimento das empresas de transporte: 

Margens de lucro reduzidas

Devido à concorrência acirrada, aumento dos custos operacionais e volatilidade nos preços dos combustíveis, as transportadoras enfrentam pressões significativas sobre as margens de lucro. Esse cenário torna a busca por eficiência operacional, criação de rotas inteligentes e investimentos em tecnologia, essenciais para melhorar a lucratividade.

Infraestrutura e logística 

A infraestrutura precária do maior modal do país, o rodoviário, acarreta em atrasos e falta de capacidade de armazenamento, afetando diretamente a performance operacional, qualidade do nível de serviço e a satisfação dos clientes. 

Regulamentação e compliance

O setor de transporte é altamente regulamentado, com normas e legislações específicas que as transportadoras devem cumprir, como a lei do motorista e pautas mais atuais de sustentabilidade áerea.

A gestão do compliance é fundamental para garantir a conformidade legal e manter a reputação da empresa no mercado.

Tecnologia e inovação

A evolução tecnológica e a transformação digital estão transformando o setor de transporte, oferecendo novas oportunidades e desafios para as transportadoras. A logística 4.0 exige a implementação de soluções tecnológicas como sistemas de rastreamento, gestão de frota, inteligência artificial e automação, mas muitas empresas ainda não sabem como dar o primeiro passo para entrar na nova logística.

Diante de todos esses desafios, definir uma estratégia de crescimento é essencial para manter a longevidade da operação. 

Importância de implementar uma abordagem sustentável para o crescimento

A sustentabilidade é um conceito cada vez mais relevante e essencial para a logística empresarial. Diferente do que muitos gestores podem pensar, uma abordagem sustentável não se refere apenas à responsabilidade ambiental, engloba aspectos sociais e econômicos, visando a geração de valor de longo prazo.

Nesse sentido, a implementação de uma abordagem sustentável visa reduzir custos operacionais, minimizar impactos ambientais, melhorar a eficiência dos processos, fortalecer a reputação da marca, atrair e impulsionar a retenção de talentos e satisfazer as expectativas dos clientes e stakeholders. Ou seja, é uma abordagem holística.

Mas por onde começar? Após identificar as demandas e tendências de mercado, avaliar as capacidades internas, definir objetivos claros e alinhar recursos, as transportadoras estarão mais preparadas para implementar uma abordagem estratégica e orientada para o crescimento, maximizando sua atuação e fazendo uma gestão de negócios adequada.

Diante dos desafios e alavancas de crescimento da logística e do supply chain, é crucial que os gestores e empresários adotem uma abordagem proativa acerca do crescimento empresarial e a implementação das estratégias discutidas neste artigo, aliadas a uma abordagem inovadora, pode ser a chave para superar obstáculos e fortalecer o posicionamento.

A logística não é mais a mesma, por isso, é importante que os líderes empresariais estejam abertos à mudança, sejam flexíveis e adaptáveis, garantindo capacitação e desenvolvimento constante para suas equipes, além de desenvolverem o “lifelong learning”, o conceito que defende a aprendizagem contínua durante a vida.

  • Amanda Moura

    Amanda Moura é formada em Ciências Sociais e do Consumo pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) e se dedica a estudar comportamento, consumo e tendências.

Newsletter ImLog

Cadastre-se e conheça a logística sob um novo olhar

Mais lidos

Assine a Newsletter da Imlog

Esteja sempre antenado sobre as últimas notícias do universo logístico!