5 dicas para otimizar a logística internacional da sua empresa

A logística internacional envolve o processo de importação e exportação de mercadorias, e desempenha um papel fundamental para estreitar relações comerciais entre diferentes países.
5 dicas para otimizar a logística internacional da sua empresa

Em um mundo globalizado e conectado, as empresas precisam cada vez mais gerenciar uma série de processos para que os itens cheguem a diferentes destinos com qualidade e velocidade. Por isso, separamos cinco dicas para ajudá-lo a organizar sua logística internacional, otimizando os processos e impulsionando a produtividade.

O que é logística internacional? 

A logística internacional envolve o processo de importação e exportação de mercadorias, e desempenha um papel fundamental para estreitar relações comerciais entre diferentes países.

Ela inclui todo o gerenciamento de cargas internacionais – transporte, armazenamento dos produtos e desembaraço de cargas de um país para o outro e atuando em diversos modais de transporte:

  • Aeroviário;
  • Marítimo;
  • Ferroviário;
  • Rodoviário.

Cada modal tem suas particularidades, e a empresa deve considerar variáveis como tipo de carga, preço, necessidades, entre outros para escolher o que trará melhor custo benefício.

Importância da logística internacional

Cada vez mais, os consumidores estão adquirindo produtos de marketplaces como AliExpress, Shein e Shoppe. Para garantir que as encomendas cheguem até o cliente final com qualidade e no prazo determinado,  é preciso que haja uma logística eficiente operando nos bastidores.

Embora os marketplaces citados atuem no comércio B2C (Business to Consumer), a logística internacional atua também no B2B (Business to Business), ajudando a gerenciar a comercialização de commodities, reduzindo custos e melhorando o nível de serviço.

5 dicas para otimizar a logística internacional

A seguir, separamos cinco dicas para ajudá-lo a otimizar o gerenciamento de cargas internacionais. Confira!

1. Conheça seus fornecedores

Um dos primeiros passos para otimizar seu processo de logística internacional é conhecer profundamente os fornecedores internacionais. Saber seus fluxos logísticos, preços praticados, transparência e qualidade do nível de serviço é fundamental para evitar problemas futuros.

Quanto mais dados e informações sobre o parceiro, melhor. Além de alinhar expectativas, é possível negociar as melhores condições de preço, operando com um bom custo-benefício.

2. Busque conhecer acordos internacionais e normas estrangeiras

Além de entender sobre taxas e juros, é preciso compreender (mesmo que em um nível mais geral), sobre as leis nacionais e estrangeiras que regem a logística internacional, incluindo também os acordos econômicos dos quais o Brasil faz parte, como o Mercosul. 

Investir em conhecimento prévio te ajudará a entender melhor sobre possibilidades de envios, custos, opções de isenções e documentações necessárias.

3. Acompanhe as entregas

Uma vez que você já faz o gerenciamento de cargas internacionais, é fundamental acompanhar as entregas, afinal, mesmo após escolher um fornecedor confiável, é preciso estar atento à qualidade do serviço na prática!

Para isso, defina indicadores e analise o histórico do fornecedor, relacionando variáveis como prazos estabelecidos, qualidade das entregas, embalagem e condições em que o produto é entregue.

4. Preveja demandas

Entender a busca pelos produtos, sazonalidade e produção de cada fornecedor, é essencial para prever a demanda. Este indicador é importante para antecipar cenários e evitar prejuízos. Quando a empresa não prevê a demanda, é comum errar pelo excesso ou até mesmo pela falta de estoque.

5. Padronize e otimize processos para consolidar sua logística internacional

É impossível falar de otimização sem mencionar também a padronização de processos. Sem fluxos bem definidos e estabelecidos dificilmente você conseguirá ganhar eficiência e otimizar processos.

Por isso, mapeie e documente cada atividade, mantendo uma comunicação aberta e clara com todos os colaboradores envolvidos. Além de manter todos na “mesma página”, centraliza o controle logístico em um único canal, garantindo assim, maior confiabilidade e organização ao longo da operação.. 

Lembre-se, os processos podem mudar, portanto, é vital acompanhá-los constantemente, atento a qualquer nova demanda ou necessidade que possa surgir. O pressuposto básico da otimização é buscar por constantes  melhorias e encontrá-las, o que exige aprendizado contínuo.

Em suma, a logística internacional é responsável por conectar fornecedores e parceiros, gerenciando a tramitação de itens de um país para o outro. 

Desse modo, é fundamental garantir que as etapas estejam alinhadas e organizadas, funcionando em conformidade com acordos comerciais estrangeiros, além das devidas leis que regem a exportação e importação de mercadorias..

Uma vez que a empresa investe em otimizar sua logística internacional, tende a encontrar melhores condições de negociação, além de definir as bases para expandir e consolidar-se no comércio exterior. 

👉 Conheça a Formação LOG 360º da ImLog e não perca a oportunidade adquirir uma visão de ponta a ponta da cadeia logística com experts do setor! 👈

  • Amanda Moura

    Amanda Moura é formada em Ciências Sociais e do Consumo pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) e se dedica a estudar comportamento, consumo e tendências.

Newsletter ImLog

Cadastre-se e conheça a logística sob um novo olhar

Mais lidos

Assine a Newsletter da Imlog

Esteja sempre antenado sobre as últimas notícias do universo logístico!