Logística empresarial: como alinhar a logística aos objetivos do negócio

Entenda como a logística empresarial pode tornar o negócio mais competitivo, além de boas práticas para aplicá-la na operação.
areas da logistica -entrega, transporte, armazenamento

A gestão logística está cada vez mais integrada. Da compra ao armazenamento, do transporte a entrega, administrar todos esses estágios vem se tornando um desafio para muitas operações, principalmente quando a empresa começa a crescer, o que faz com que a relação entre eficiência e custo se intensifique. 

Nesse cenário, a logística empresarial pode ajudar a otimizar uma série de processos, melhorando a qualidade da operação e aumentando a rentabilidade do negócio. Vamos entender na prática como isso funciona?

LOG360º: conheça os processos, tecnologias e principais inovações da área

O que é logística empresarial? 

A logística empresarial é um conceito que tem como objetivo principal olhar para o processo logístico como uma vantagem competitiva, não como uma atividade secundária. Para isso, foca em organizar e otimizar processos de produção que impacta uma série de áreas, entre elas:

  • Controle financeiro do fluxo de produção
  • Fornecedores
  • Matérias-primas
  • Armazenamento de insumos
  • Gestão de estoques
  • Transporte
  • Distribuição

Em outras palavras, a logística empresarial garante um melhor fluxo da cadeia de suprimentos, olhando com atenção para o fornecimento de matérias-primas, produção contínua e distribuição aos varejistas, eliminando gargalos e aprimorando as  rotinas operacionais.  

Por que a logística empresarial é uma vantagem competitiva? 

Em um mercado cada vez mais acirrado, garantir uma entrega eficiente deve ser um indicador fundamental para qualquer negócio, já que mede qualidades como comprometimento com o cliente e agilidade operacional, características essenciais para uma empresa best in class no setor logístico.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Voxware e citada em um artigo do Supply Chain Brain, 69% dos consumidores são “muito menos” ou “menos” propensos a comprar com um varejista no futuro se o item não for entregue no prazo.

Nesse sentido, assim como a logística integrada aumenta a satisfação dos clientes, a logística empresarial baseia-se na qualidade e na experiência do consumidor, fazendo com que a empresa seja capaz de atender as demandas em um tempo hábil, atingindo os mais altos padrões de eficiência e ganhando vantagem competitiva. 

Um cliente satisfeito tende não só a comprar novamente como a indicar para amigos e familiares, aumentando as taxas de fidelização. O foco no cliente é vital.

citacao-vergueiro-1000

“Aqui, a questão crítica é sempre trabalhar para não deixar de atender um pedido do seu cliente. Ele tem que ser o seu foco principal, já que é a razão de você existir”.

Luiz A. Vergueiro, cofundador da ImLog (Escola da Nova Logística) e Diretor Sênior de Operações Logísticas no Mercado Livre, a maior plataforma de e-commerce da América Latina.

Como alinhar logística e estratégia

Se antes a logística era vista como custo, agora é estratégica e está cada vez mais complexa. Nesse cenário, a logística empresarial é fundamental para conectar oferta e demanda.

Assim, para alinhar a logística aos objetivos do negócio, separamos algumas boas práticas selecionadas por Fernando Sartori, mentor da LOG360 e Founder da Uello, que são essenciais para garantir maior qualidade e eficiência na operação.

1 – Revise processos

Antes de partir para a implementação de novas tecnologias ou até mesmo para otimização de processos, revise fluxos atuais de compras, estoque e armazenamento. Com esse checklist em mãos, é mais fácil mapear gargalos e propor soluções. 

2 – Gerenciamento da cadeia

Essa etapa, além de envolver atividades-chave como compras e gestão de estoques de toda a cadeia, inclui o relacionamento com fornecedores. Com um sistema cada vez mais interconectado, prezar pela construção de relacionamentos sólidos é essencial. Em suma, quanto mais cedo criar uma espécie de ecossistema, mais resiliente a empresa se tornará. 

3 – Logística reversa

A logística reversa é definida como o processo de gestão da cadeia de suprimentos que envolve a movimentação de mercadorias do cliente de volta para o fabricante ou atacadista e pode envolver devoluções de comércio eletrônico e varejo, bem como reparo e reciclagem, onde as mercadorias podem ser revendidas ou descartadas permanentemente.

Em linhas gerais, o seu grande objetivo de eficiência no ciclo produtivo é triplo: o primeiro é recuperar o valor do produto, o segundo é garantir a reincidência de clientes por meio de uma experiência de devolução satisfatória e o terceiro, à luz das preocupações cada vez maiores com o meio ambiente, é reduzir o desperdício.

Começar encontrando parceiros qualificados, estabelecer regras claras para a devolução de produtos pós-venda, além de estar atento à legislação pode facilitar o gerenciamento.

4 – Tecnologia

Implementar ferramentas para um melhor gerenciamento é fundamental para otimização de processos e não deve ser deixado de lado. Além de facilitar a integração de todas as atividades logísticas, torna a tomada de decisão mais embasada. 

Entre as soluções, algumas são mais conhecidas:

  • ERP: além de conectar os diversos setores, como financeiro, logístico, vendas e marketing, possibilita o gerenciamento de diferentes tarefas – desde a emissão de notas fiscais a chegada de insumos;
  • WMS: ferramenta capaz de administrar armazenagem, separação, expedição, entregas e recebimentos de itens;
  • TMS: software desenvolvido para gerenciar o processo de transporte de suprimentos e produtos;
  • OMS: software de gerenciamento de pedidos, incluindo entrada, gerenciamento de estoque, atendimento e serviço pós-venda. 

Atualmente, o grande desafio das empresas é garantir que os fluxos físicos andem na mesma velocidade da transformação digital. Além de estar aberto a testar novas ferramentas é preciso começar a promover uma cultura de mudança, que abrace novas tecnologias em busca de melhores resultados – tanto para a empresa quanto para o cliente.

Logística empresarial: rentabilidade e sustentabilidade para sua operação 

A logística empresarial atua justamente para garantir processos bem estabelecidos e eficazes. Ao invés de olhar para a entrega como um custo,  é preciso transformá-la em oportunidade – não apenas encantar o cliente, mas se destacar dos competidores. 

Diferente de uma abordagem tradicional, a logística empresarial permite processos mais integrados e automatizados,  tornando as operações mais inteligentes e eficientes, a chamada Logística 4.0, que permite maior eficiência, produtividade, redução de custos, transparência e rastreabilidade das operações.

Se você deseja conhecer mais a fundo processos, tecnologias e principais inovações da área, conheça nossa Formação Log360º online. Além de se tornar um profissional mais preparado, irá adquirir uma visão de ponta a ponta da cadeia logística. 

  • Amanda Moura

    Amanda Moura é formada em Ciências Sociais e do Consumo pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) e se dedica a estudar comportamento, consumo e tendências.

Newsletter ImLog

Cadastre-se e conheça a logística sob um novo olhar

Mais lidos

Assine a Newsletter da Imlog

Esteja sempre antenado sobre as últimas notícias do universo logístico!