Como a tecnologia torna a entrega no e-commerce mais eficiente 

A tecnologia viabiliza a criação de parâmetros específicos de tráfego, meteorológicos, restrições de trânsito, entre outros que impactam positivamente na promoção de mais entregas realizadas em menos tempo.
como-a-tecnologia-torna-a-entrega-no-ecommerce-mais-eficiente

Não é de hoje que a tecnologia molda o universo do e-commerce, redefinindo a maneira como as empresas operam e como os clientes experimentam o processo de compra. Automatização e análise de dados estão impulsionando melhorias na cadeia de suprimentos, proporcionando uma experiência mais aprimorada aos consumidores.

A jornada do cliente está se tornando cada vez mais inteligente e integrada, graças às inovações no setor. A conveniência de adquirir produtos e serviços do conforto de nossas casas é um benefício inegável nos e-commerces e dos marketplaces.

Neste cenário, dois fatores cruciais se destacam para garantir que essa experiência seja verdadeiramente satisfatória: a Inteligência Artificial (IA) e o machine learning.

Tais fatores otimizam as operações promovendo uma  previsibilidade mais assertiva e a visibilidade total das entregas, com ganhos em eficiência operacional e agilidade nas tomadas de decisões, mais alinhadas à estratégia do negócio.

Uma das maneiras pelas quais a IA está contribuindo para entregas de qualidade no e-commerce é por meio da roteirização inteligente. A aplicação de algoritmos avançados para a roteirização inteligente gera bons resultados em otimizações dos prazos de entregas.

A tecnologia viabiliza a criação de parâmetros específicos de tráfego, meteorológicos, restrições de trânsito, entre outros que impactam positivamente na promoção de mais entregas realizadas em menos tempo.

Não é à toa que em uma pesquisa realizada pela Capterra, 56% dos consumidores consideraram que sua satisfação com um e-commerce está intimamente ligada à qualidade da entrega. Isso destaca a importância de manter os clientes informados e satisfeitos ao longo de toda a jornada de compra.

Dessa forma, podemos afirmar que a adoção de tecnologias baseadas em inteligência artificial também contribuem para o processo de democratização das entregas.

Isso acontece, pois, a tecnologia permite que pequenos e médios varejistas ofereçam uma experiência de entrega que seja competitiva com os grandes players, como, por exemplo, a possibilidade de oferecer uma entrega agendada ou expressa, agregando valor à experiência de compra dos consumidores online.

Além disso, é uma ferramenta muito valiosa quando se trata de prever a demanda futura. Com o acesso ao histórico de compras dos clientes, os algoritmos analisam os padrões de compra e fatores sazonais.

Isso permite que os varejistas prevejam com precisão quais produtos serão mais procurados em determinados momentos do ano, auxiliando na elaboração de estratégias de marketing e promoções mais direcionadas e personalizadas.

Para além da melhor experiência do consumidor, as automatizações reduzem os custos logísticos operacionais, e contribuem para a oferta de frete mais competitiva. Vale lembrar que a taxa de abandono de carrinho global bateu 71,3% em 2022. Desse índice, 48% está relacionado ao custo da entrega para o consumidor.

Nesse sentido, as empresas especializadas em tecnologia para a logística devem focar no desenvolvimento de soluções que foquem na otimização da jornada e na simplificação dos processos logísticos.

No entanto, é importante destacar que a tecnologia não é a única solução. É necessário equilibrar a redução de custos com a garantia de cumprir as promessas feitas aos clientes. A satisfação do cliente é o foco principal, e a tecnologia é uma ferramenta poderosa para atingir esse objetivo.

  • Ross Saario - Intelipost

    Executivo, empreendedor e um fundador notável, Ross Saario iniciou e desenvolveu oito empresas em tecnologia, serviços, hotelaria e varejo, nos Estados Unidos, Europa e América Latina. Possui um MBA do INSEAD, assim como bacharelado e mestrado em engenharia industrial pela Cornell University. Mais recentemente, fundou e liderou a empresa de tecnologia de hotelaria para viagens de negócios Domicile em uma aquisição bem-sucedida. Antes, Ross foi gerente geral da Amazon, onde administrou vários programas de entrega de última milha em todo o mundo, incluindo Amazon Lockers e pickup points. Originalmente do Alasca, Ross já viajou para mais de 80 países, morou na França, Peru e, mais recentemente, Brasil, onde atualmente exerce o cargo de CEO do Grupo Intelipost, líder em tecnologia para logística no Brasil.

Newsletter ImLog

Cadastre-se e conheça a logística sob um novo olhar

Mais lidos

Assine a Newsletter da Imlog

Esteja sempre antenado sobre as últimas notícias do universo logístico!